Formulário de Contato

Confira o SITREP desta semana epidemiológica de 04 de julho a 10 de julho  com  as últimas informações sobre a situação da saúde animal em todo mundo

Confira o SITREP desta semana epidemiológica de 04 de julho a 10 de julho  com  as últimas informações sobre a situação da saúde animal em todo mundo

Por: Ana Julia Santos | Comunicação SDS
Residentes: Camila Marques e Talita Denny

No Sitrep #48 desta semana epidemiológica, houve cinco relatórios de saúde animal em todo o mundo. A Hungria notificou um caso de Anemia Infecciosa Equina, de origem desconhecida até então. Cerca de 31 animais estavam suscetíveis, mas apenas um animal foi confirmado e foi a óbito por abate. Os outros animais foram testados e o resultado foi soronegativo. Medidas de controle foram tomadas.

Na França, houve um surto de Carbúnculo Hemático. O caso tratou de 50 animais suscetíveis para a doença em uma região onde já havia sido notificada a presença de Anthrax anteriormente. Um dos bovinos sofreu morte súbita e o outro estava em agonia, com sinais clínicos significativos. Mais de 30 animais foram vacinados e outras medidas de controle, como rastreabilidade, foram adotadas.

No Zimbábue, foi notificado um surto de febre aftosa, de origem desconhecida. Cerca de 550 bovinos foram considerados suscetíveis e 36 casos foram confirmados, sem nenhum óbito até o momento. No entanto, ainda não foi utilizado nenhum exame laboratorial e o diagnóstico foi pela identificação de sinais e sintomas clínicos. 

Além disso, no Taiwan, foi emitido um alerta a respeito de um surto de Influenza A, de origem desconhecida. O surto acometeu aves de vida livre. Pelo teste de rT-PCR foi possível identificar a cepa H5N1 como responsável pela morte das aves. Medidas de segurança foram adotadas e as fazendas próximas foram submetidas a supervisão.

Por fim, na Rússia, foi notificado um surto de Peste Suína Africana. Oito javalis foram diagnosticados, já mortos. Medidas de controle foram adotadas para os animais de vida livre.

Confira o SITREP #48 aqui.

O que é SITREP Animal?

O SITREP Animal é um documento que tem foco na divulgação de eventos de importância em saúde única internacional, com foco preventivo e informativo, baseado na vigilância de eventos através de canais diretos e indiretos, como sites oficiais e ferramentas de busca na internet. Sua importância se revela diante da praticidade e da confiabilidade trazidas, pois auxilia na análise epidemiológica da saúde animal em todo o mundo. Assim, contribui para profissionais da área de maneira que eles possam ficar a par das notificações feitas em determinado período.

Os SITREPS são feitos por estudantes residentes da Sala de Situação que, com o auxílio de um professor orientador, buscam esses dados em fontes seguras e os integram em um documento. Semanalmente, os dados são atualizados e reportados pelos alunos.

Saúde Única

Esse conceito surgiu para centralizar a integração entre saúde humana, saúde animal e saúde ambiental. Dessa forma, para garantir que a saúde única, ou One Health, em inglês, seja viabilizada na prática, é necessário que haja uma abordagem transdisciplinar, a qual resulte em ações que impactem os três âmbitos. Um exemplo é o controle de zoonoses, que traçam atividades de vigilância e prevenção de forma direta ou indireta sobre populações de animais alvo, que refletem em um benefício direto para a saúde humana. Assim, One Health torna-se fundamental para ultrapassar a barreira que divide as diferentes esferas de saúde e integrar as ações desses profissionais, tornando a saúde única.

O segmento One Health da Sala de Situação de Saúde é um grupo formado por seis integrantes fixos e quatro volantes. A cada mês, quatro membros do Programa de Residência Médica Veterinária da Universidade Nacional de Brasília integram os trabalhos do grupo. A intenção da equipe é introduzir atividades práticas e científicas no campo da saúde única.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Precisa da nossa ajuda?
A Sala de situação quer te apoiar a melhorar seu trabalho, conte conosco para fortalecer a vigilância em saúde em sua área de atuação.

    pt_BRPT_BR