Formulário de Contato

11.03 Impactos da pandemia e a saúde mental

Os efeitos da pandemia e o isolamento afetam a vida das pessoas, nesse
sentido, cabe destacar a importância dos cuidados que se deve ter com a saúde mental e estratégias para que o enfrentamento, nesse período de distanciamento, se torne menos adoecedor (C. Wang et al., 2020).
As intervenções psicológicas desempenham um papel importante para lidar
com os impactos na saúde mental (Bao et al., 2020), desse modo, é importante que intervenções sejam pensadas tanto para a população geral como para profissionais de saúde (SCHMIDT, et al., 2020).
De acordo com Schmidt et al. 2020, as intervenções psicológicas voltadas
para a população geral pode ser voltada a propostas psicoeducativas, como
cartilhas e materiais informativos, com linguagem acessível e ajustada de acordo com o público alvo, além disso, a oferta de canais que possam realizar uma escuta de modo que os usuários possam exprimir suas emoções e angústias. Sugere-se que os atendimentos à pessoas que necessitem de um suporte psicológico seja dado de forma remota, com exceções de casos emergenciais, onde o atendimento presencial se faz necessário e, nesse caso, deverá ser ofertado condições adequadas de prevenção e proteção contra o coronavírus, com máscaras e álcool 70% (CFP, 2020).
As intervenções voltadas aos profissionais de saúde, também é muito
importante pelo fato de trabalharem na linha de frente e escutarem muitas queixas e consequentemente oferecem um suporte a usuários que buscam no serviço de saúde, atendimento, ou para quem já está hospitalizado (DUAN; ZHU, 2020). Dessa forma, o cuidado aos profissionais da saúde também é priorizado que seja feito a distância, por plataformas onlines, ligações telefônicas, cartilhas e presencialmente se necessário (SCHMIDT et al., 2020). Ainda assim, há um desafio aos profissionais de saúde quanto ao cuidado da saúde mental, por conta da baixa adesão, seja pela falta de tempo ou pelo cansaço por conta da sobrecarga no trabalho (Li et al., 2020).
Sugere-se que psicólogos que atuam em hospitais ou outros serviços de saúde possa prestar um acolhimento, uma escuta e até mesmo aconselhar a procura de terapias com psicólogos, na área de descanso para o profissional necessitado (SCHMIDT et al., 2020)

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa da nossa ajuda?
A Sala de situação quer te apoiar a melhorar seu trabalho, conte conosco para fortalecer a vigilância em saúde em sua área de atuação.