Formulário de Contato

09.07 Reinfecção por COVID-19

Tanto no Brasil como no mundo, a existência de testes positivos em pessoas que já haviam contraído a doença, fez com que pesquisadores se perguntassem sobre a possibilidade de reinfecção da COVID-19. Com isso, estudos sobre o assunto estão sendo feitos para maiores esclarecimentos. O Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e o Hospital das Clínicas de São Paulo estão investigando sobre os casos de pacientes que foram infectados pelo vírus e depois de alguns meses voltaram a apresentar os sintomas e obtiveram o teste positivo novamente (BBC News, 2020).

O professor, Fernando Bellissimo (2020), da faculdade de medicina da FMRP-USP, comentou sobre o caso da paciente que está sendo analisado. A paciente cujo teste deu positivo novamente, aparenta não ter desenvolvido anticorpos suficientes após a “primeira” infecção, não garantindo uma resposta imunológica. Diz ainda que este parece ser um caso raro, mas que são necessárias mais pesquisas sobre o assunto. Ainda  sobre essa paciente, o professor diz que não se trata de resquícios virais que permaneceram no organismo da moça, uma vez que esta apresentou sintomas diferentes da primeira infecção, diferentemente de alguns casos relatados ao redor do mundo (Jornal da USP, 2020).

A professora Anna Sara Shafferman Levin (2020), da FMUSP, diz que só será possível ter a certeza do que realmente ocorreu, após realizar o sequenciamento do material genético dos pacientes e da cultura em laboratório das amostras do vírus. Cientistas Sul Coreanos, concluíram que os casos de reinfecção relatados no país, foram provavelmente apenas o resultado de fragmentos virais inativos que ainda estavam no organismo dos pacientes, e não de reinfecção em si. Reafirmando a possibilidade levantada pela professora Anna Levin, de que é necessário realizar o sequenciamento genético das amostras para poder ter a certeza se é uma infecção ou não (Jornal da USP, 2020).

O único caso de reinfecção confirmado no mundo é o de um paciente em Hong Kong. Após realizar o sequenciamento do genoma viral, foi mostrado a presença de duas cepas virais diferentes, confirmando que este paciente foi infectado duas vezes (BBC News, 2020). O problema é que os pesquisadores não sabem dizer ainda quanto tempo dura a imunidade e a eficiência dessa proteção adquirida após a infecção. Apesar disso, a OMS diz que não se deve tirar conclusões com apenas um caso, portanto não deve ser visto com preocupação (BBC News, 2020). Foi percebida uma relação entre a gravidade da doença com o índice de imunidade gerado pelo paciente, ou seja, pessoas que adquiriram a forma grave da COVID-19 possuem uma resposta imunológica melhor pós-infecção do que as que adquiriam a forma leve, porém não se sabe nada sobre o tempo de duração desta resposta imunológica adquirida. Acredita-se também que esse caso de reinfecção não vá diminuir as pesquisas em busca de vacinas contra o novo coronavírus (BBC News, 2020; Jornal da USP, 2020).

Portanto, percebe-se a necessidade de mais estudos no assunto (Lima, 2020), tanto sobre a reinfecção quanto sobre a imunidade adquirida pós infecção da COVID-19 (BBC News, 2020). A realização do sequenciamento do material genético dos vírus presentes nas amostras desses pacientes com suspeita de reinfecção, por enquanto, é imprescindível para a confirmar a suspeita. Sem o sequenciamento, hoje, não se pode afirmar se é uma nova cepa viral ou se é o material viral inativado ainda presente no organismo desses indivíduos (PEBMED, 2020).

REFERÊNCIAS:
BBC News. Cientistas buscam respostas para suspeitas de reinfecção em recuperados de covid-19. Publicado online em 20 de julho de 2020, https://www.bbc.com/portuguese/53466183 . Acesso em 25 de agosto de 2020.
BBC News. Paciente de Hong Kong: Caso de reinfecção pela COVID-19 é preocupante?. Publicado online em 24 de agosto de 2020, https://www.bbc.com/portuguese/geral-53896422 . Acesso em 25 de agosto de 2020.
Jornal da USP. Teste positivo para covid-19 em quem já teve a doença leva cientistas a investigarem se é possível reinfecção. Publicado online em 06 de agosto de 2020, https://jornal.usp.br/ciencias/teste-positivo-para-covid-19-em-quem-ja-teve-a-doenca-leva-cientistas-a-investigarem-se-e-possiv
el-reinfeccao/ . Acesso em 25 de agosto de 2020.
LIMA, C. M. A. O. Informações sobre o novo coronavírus (COVID-19) . Radiologia Brasileira, São Paulo, 17 de abril de 2020. Volume 53, número 2, versão online.
PEBMED. Primeiro caso de reinfecção pela Covid-19 é confirmado por sequenciamento genético. Publicado online em 26 de agosto de 2020, https://pebmed.com.br/primeiro-caso-de-reinfeccao-pela-covid-19-e-confirmado-por-sequenciamento-genetico/ .Acesso em 26
de agosto de 2020.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa da nossa ajuda?
A Sala de situação quer te apoiar a melhorar seu trabalho, conte conosco para fortalecer a vigilância em saúde em sua área de atuação.